Agendamento MTE

O Ministério do Trabalho e Emprego é responsável por diversos serviços que dizem respeito ao trabalhador brasileiro, inclusive o Agendamento MTE.

Buscando formas de desenvolver suas atividades e facilitar a vida desses trabalhadores, é normal que o Ministério divulgue orientações e diretrizes para a população trabalhadora.

Dentre esses serviços disponibilizados, é possível observar que atualmente o mais procurado pelo cidadão é o agendamento MTE.

O agendamento, como o próprio nome já diz, consiste em o empregado marcar o dia a hora que deseja executar aquele serviço. Dando assim, muito mais conforto ao trabalhador, que não precisa passar horas e horas em filas para poder ter uma atividade realizada.

Agora ele poderá preparar seu dia e realizar seu agendamento, sabendo assim, quanto tempo irá gastar.

Se você gostou do tema e quer saber como o agendamento MTE funciona, fique conosco e acompanhe o texto até o final.

COMO MARCAR MEU AGENDAMENTO MTE

O primeiro passo para se familiarizar com o agendamento é saber onde encontra-lo.

Esse sistema fica disponibilizado através do SAA – sistema de atendimento agendado, através do endereço de URL: http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam

agendamento MTE
Escolha o Estado, o município e o tipo de atendimento no Agendamento MTE.

Após acessar o site você verá um enorme leque de opção de atividades que podem ter seus atendimentos agendados.

Escolha a que você deseja realizar e finalize o serviço no site.

Depois basta imprimir ou anotar o número de comprovante do seu procedimento e comparecer no dia marcado no local indicado para fazer seu seguro desemprego, CTPS ou outros serviços disponibilizados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

E SE EU NÃO PUDER COMPARECER NO DIA?

O Sistema de Atendimento Agendado ou Agendamento MTE foi feito para facilitar tanto a vida do trabalhador, quanto dos órgãos que são encarregados de executar suas atividades, pois com esse controle on-line, é possível saber quantas pessoas comparecerão diariamente aos postos de atendimento e assim ter uma maior noção de quantidade de atendentes para aquela data.

Por isso, ao realizar o processo de agendamento, você está mostrando ao órgão que comparecerá naquele dia específico.

Portanto, depois de ter concluído o procedimento, acontecer algum imprevisto, o próprio site lhe dá dois opções a serem utilizadas; re-agendamento do atendimento ou o seu cancelamento.

Lembre-se que há uma demanda que precisa ser cumprida todos os dias, e se você não comparecer e não cancelar ou reagendar, estará tirando a vaga de outro trabalhador que precisa executar seu serviço.

AVISO: Não pague para ninguém fazer o seu agendamento, visto que é um procedimento simples e gratuito. Muitos leitores vem reportando que pessoas estão cobrando de má-fé cinquenta reais para realizar o procedimento.

seguro desemprego
Lembre-se de levar todos os documentos para seu agendamento MTE!

AGENDAMENTO MTE SEGURO DESEMPREGO

Dentre as várias opções divulgadas pela página, um serviço que contêm grande número de acessos é o agendamento do seguro desemprego.

Para realizar esse agendamento, siga o passo descrito acima e marque o dia e a hora para comparecer no local designado.

O seguro desemprego é um benefício temporário pago ao trabalhador que foi dispensando sem justa causa e cumpre outros requisitos.

O primeiro passo para que você possa ter garantia a esse auxílio é realizando o processo de agendamento entre o 7º e o 120º dia após a sua demissão.

Depois de realizar todo o procedimento, você deverá comparecer no local apresentado pela página portando alguns documentos essências, sem os quais não conseguirá concluir seu pedido.

Entre esses documentos, você deve levar:

  1. Qualquer documento de identificação com foto que esteja dentro do prazo de validade;
  2. A sua CTPS – carteira de trabalho e previdência social;
  3. CPF – cadastro de pessoa física;
  4. O requerimento do seguro desemprego que deve ser emitido através do site do EmpregadorWeb;
  5. O termo de rescisão do contrato de trabalho;
  6. E por fim, documentos que comprovem os depósitos do seu FGTS.

Todos os documentos apresentados acima são de extrema importância e sem eles é possível que o seu pedido não seja nem analisado.

Pois bem, continuando o processo do seguro desemprego, após ele ter sido concluído e aprovado, você poderá consultar seu saldo ou a quantidade de parcelas através do site da Caixa Econômica Federal, pois é esse o banco responsável por esse pagamento.

Para realizar a consulta, clique no link abaixo https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01 e informe o número do NIS (que é o mesmo número do PIS ou PASEP) e a sua senha de acesso.

agendamento mte caixa
Basta preencher os dados corretamente e tirar o seu NIS

Se esse for o seu primeiro contato com a página, é só procurar a opção “cadastrar senha” e seguir todo o procedimento apresentado pelo site.

Lembrando sempre que as parcelas referentes aos valores do benefício variam de 3 a 5. E para saber com precisão quanto você irá ganhar é só analisar o tempo de serviço que foi laborado e quantas vezes já solicitou o benefício.

Se essa foi a sua primeira solicitação e o tempo de trabalho foi de no mínimo dezoito meses, você receberá 4 parcelas. Caso o tempo trabalhado tenha sido superior a vinte e quatro meses, você receberá 5.

No caso da segunda solicitação, se o tempo trabalhado foi de nove meses, você recebe 4 parcelas. Se o tempo de trabalho foi de no mínimo doze meses, receberá 5 parcelas.

E por fim, já em relação a terceira solicitação, seis meses trabalhados corresponde a 3 parcelas. No mínimo doze meses trabalhados, corresponde a 4 parcelas. E para vinte e quatro meses, 5 parcelas.

Você pode saber mais no nosso guia sobre SAA.MTE.GOV.BR

Em caso de dúvidas, deixe sua pergunta nos comentários abaixo.

Deixe um Comentário